Fique por Dentro: Cimentos Resinosos “sem amina” ou “amine-free”

Vol. 6 – Número 23 – 2017
 
Fique por Dentro
 
Página 7-8
Cimentos Resinosos “sem amina” ou  “amine-free”
 
Dayane Carvalho Ramos Salles de Oliveira1
Mateus Garcia Rocha1
 
Após algum tempo, é comum a reclamação quanto a estética de facetas cerâmicas em virtude do escurecimento do cimento resinoso utilizado para cimentação da peça cerâmica. As cerâmicas são materiais inertes que não alteram de cor ao longo do tempo. Por outro lado, os cimentos resinosos são materiais resinosos, ou seja, que contém uma matriz resinosa capaz de polimerizar, passando do estado físico líquido viscoso 
para sólido rígido. Essa mudança de estado físico após a polimerização possibilita o assentamento da peça e sua cimentação. 
 
Entretanto, para que ocorra a polimerização desses materiais resinosos, um sistema de fotoiniciação é necessário. O sistema de fotoiniciação é um componente químico responsável por iniciar a reação de polimerização por meio da geração de radicais livres. Os radicais livres, por sua vez, são responsáveis por viabilizar a reação dos monômeros resinosos para formação do polímero. Ou seja, passando do estado físico líquido 
viscoso (monômeros) para sólido rígido (polímero). O sistema de fotoiniciação convencionalmente utilizado desde a década de 70 é o sistema à base de canforquinona combinado a uma amina terciária. 
 
1 Departamento de Odontologia Restauradora – FOP/UNICAMP.

Leave a Reply

Precisa de ajuda?