7 Poderosas vantagens dos braquetes autoligados – leia e releia !

7 Poderosas vantagens dos braquetes autoligados – leia e releia !

 
 
 
 
 
 
 
 
Os braquetes autoligados apresentam algumas vantagens em relação aos convencionais. Entre elas podemos destacar:
 
1. Menor Atrito:
Os autoligados apresentam menor atrito do braquete com o fio e, com isto, menor resistência ao deslocamento dos dentes. Uma vantagem a mais deste sistema é a possibilidade de aplicação de força de menor intensidade com resposta mais eficiente.
 
2. Movimentos mais rápidos:
Alguns tipos de movimento podem ser obtidos de forma mais rápida e eficiente com os autoligados. A fase de nivelamento e alinhamento, correção de apinhamentos, os movimentos de rotação, as mecânicas de deslize (retração de dentes posteriores ou mesialização) e o tracionamento de dentes ectópicos ou inclusos, geralmente podem ser realizados em tempo menor.
 
3. Facilidade na troca dos arcos:
As pesquisas e a prática clínica têm demonstrado que a troca de arcos é muito mais rápida neste sistema. Mais rápido mais fácil e
mais confortável para o paciente, para o profissional e para a equipe.
 
4. Tempo de tratamento menor:
Alguns autores chegam a quantificar, sugerindo que o ativo com autoligado tende a ser de 4 a 9 meses mais rápido.
No entanto, esta diminuição do tempo pode apresentar variações dependendo da filosofia de tratamento. No sistema autoligado, a primeira fase do tratamento poderá ser realizada em tempo menor, realmente.
No entanto, isto só ocorrerá se o ortodontista estiver atento às trocas dos arcos. Se as trocas não forem realizadas no período determinado, o tratamento irá se alongar e o paciente será tratado com a duração de tempo semelhante a do tratamento convencional.
 
 
5. Melhor higiene:
As ligaduras elásticas são facilmente contaminadas pelo streptococos mutans e a manutenção destas entre as consultas, aumentam a tendência de formação de placa e inflamação gengival. Os autoligados são mais higiênicos, proporcionando melhor resposta, por prescindir delas.
 
 
6. Número de consultas menor:
Os pacientes que utilizam o sistema autoligado podem e devem ser agendados com intervalos maiores entre as consultas após o término da montagem do aparelho. De acordo com a necessidade das trocas dos arcos, os intervalos entre as consultas podem ser de 8 ou 10 semanas.
 
7. Reabsorção Radicular:
Apesar de se obter movimentação mais rápida, não tem sido observado aumento de reabsorção radicular nos casos tratados com estes braquetes.
 
Fonte: Professor Doutor Alexandre Ponce – Via Ortoblog
 

Leave a Reply

Precisa de ajuda?