Referência em pesquisa odontológica, curitibano Ilapeo vira faculdade

Referência em pesquisa odontológica, curitibano Ilapeo vira faculdade

Instituto Latino-Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico recebeu a autorização do Ministério da Educação para atuar como Faculdade Ilapeo
 
A instituição que nasceu como braço de pesquisa e ensino odontológico da Neodent – empresa líder na América Latina no setor de implantes dentários – vai virar uma faculdade focada na área de saúde.
 
O Instituto Latino-Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico (Ilapeo), hoje totalmente independente da Neodent, passa a se chamar Faculdade Ilapeo neste mês e começa a ampliar a sua atuação a partir de 2017. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (16) durante o Neodent Congress, um dos principais eventos do setor no país.
 
A Faculdade Ilapeo entra para somar ao time de instituições de ensino voltadas para a área da saúde já existentes em Curitiba, como Faculdade Evangélica, Faculdade Inspirar e Faculdades Pequeno Príncipe. Segundo a diretora geral do Ilapeo, Clemilda Thomé, o foco é sedimentar todo o trabalho de pesquisa e ensino que o instituto já faz há 12 anos na área de odontologia.
 
“O nosso diferencial é que já temos os cursos de pós-graduação. Com a nossa experiência, será fácil estruturar a graduação”, diz Clemilda. Ela explica que a instituição tem como objetivo virar uma faculdade de excelência na área de saúde, principalmente em odontologia e radiologia.
 
Ampliação
O projeto é de longo prazo. Até o momento, foi autorizado o curso de Tecnólogo em Radiologia, previsto para o primeiro semestre de 2017. Serão 40 vagas noturnas e o curso terá duração de três anos. A Faculdade Ilapeo também continuará com os cursos de pós-graduação na área de odontologia.
 
A criação de novas graduações está sendo planejada pela equipe do instituto. “No primeiro ano, queremos ter um bom curso de radiologia. Depois, vamos estruturar as novas áreas”, afirma Clemilda.
 
A sede continuará no bairro Mercês, onde fica o Ilapeo atualmente. Conforme a faculdade for crescendo, o prédio será ampliado e há a possibilidade de construir um novo edifício.
 
Criação
O Ilapeo foi criado em 2004 por Geninho e ClemildaThomé, fundadores da Neodent. “O Ilapeo foi criado para dar suporte à Neodent e para passar o conhecimento de que o implante dentário não é só um parafuso, que ele representa saúde e bem-estar”, diz Clemilda.
 
Ao longo de seus 12 anos de atuação, o instituto virou referência na América Latina em pesquisa na área de odontologia e na formação de profissionais. No espaço, são oferecidos 60 cursos de especialização, aperfeiçoamento, extensão e mestrado.
 
O quadro docente conta com 80 professores e pesquisadores, entre mestres e doutores, e possui duas clínicas que realizam 2 mil atendimentos odontológicos mensais. Também possui infraestrutura de ponta em radiologia e sete laboratórios de uso específico.
 
Autonomia
O objetivo de virar faculdade começou há três anos, quando a organização percebeu que precisava ganhar mais autonomia e ampliar a atuação em ensino e pesquisa. O credenciamento do Ministério da Educação (MEC) aconteceu neste mês e o instituto já passa a trabalhar com o novo nome. A expectativa é que com a mudança o número de alunos cresça em até 30% – hoje são 900 estudantes por ano.
 
 
 
Fonte: Gazeta do Povo
 

Deixe um comentário

Precisa de ajuda?