Editorial – SIMMETRIA – Orofacial Harmonization in Science

Agradecimento

A estética facial é considerada um aspecto muito importante na aceitação social do indivíduo. Uma face harmoniosa está associada a conquista, bem-estar, felicidade e prazer. A todo momento, mesmo sem perceber, estamos fazendo julgamento estético sobre aquilo que observamos. Por isso, temos que ter consciência que, ao utilizarmos os procedimentos da Harmonização Orofacial, não estamos somente melhorando os aspectos estéticos da face, mas estamos lidando com o ego e a autoestima do ser humano. Estamos lhe oferecendo uma oportunidade de ter uma vida melhor e isso é uma imensa responsabilidade.

Atualmente, os especialistas em Harmonização Orofacial têm buscado se aperfeiçoar cada vez mais em um correto diagnóstico, na excelência do tratamento executado e, principalmente, no restabelecimento da harmonia da face do paciente, não havendo mais espaço para condutas baseadas em experiências pessoais empíricas. As intervenções clínicas devem ser norteadas pelo conhecimento científico atual. Portanto, a tomada de decisão facilitada por dados agregados e análise da informação científica no maior nível de evidência, de forma sistemática e seguindo guias de análise e avaliação dos estudos, é essencial para tomada de decisões mais assertivas em nossa especialidade. Entretanto, um dos grandes problemas enfrentados nas publicações científicas atuais refere-se à qualidade da informação apresentada. A análise crítica dessas revisões também se faz necessária, e mudanças de condutas ou estabelecimento de protocolos devem ser pautados em estudos bem delineados, rigorosamente conduzidos e com inclusão de número suficiente de estudos de alta qualidade.

Muitos de nossos colegas têm se destacado na produção de conhecimento científico devido à diversidade de técnicas que utilizam, criando um período de grandes oportunidades para a nossa especialidade. Esperamos que esses autores, que foram protagonistas de nossa edição científica, prossigam com o seu talento seguindo o caminho de informar, divulgar e de alguma forma contribuir no crescimento da Harmonização Orofacial.

Todos nós, na vida particular e na profissional, já tivemos a oportunidade de viver fases de grande modificação que nos deixaram repletos de ânimo. Por isso esperamos que a revista seja um divisor de águas na obtenção de conhecimento científico de qualidade.

E em relação a primeira edição:

Agradecimento… Esta é a palavra que expressa todo o sentimento que a equipe da revista SIMMETRIA – orofacial harmonization in Science tem com seus leitores, por acreditarem e confiarem em nosso trabalho desde a primeira edição, tendo alto índice de aceitação pela comunidade odontológica. Para nós, a possibilidade de aprendermos uns com os outros, com esse aprendizado mútuo, nos permite vislumbrar um horizonte de conhecimentos adquiridos e temos a certeza absoluta de que cresceremos e nos tornaremos melhores do que éramos, tanto no âmbito pessoal como no profissional. Por isso, nossa responsabilidade em manter o padrão científico de nossos artigos e a qualidade da elaboração deste periódico continua sendo ainda o nosso maior objetivo.

Desejamos, neste início de ano, que a revista atinja as expectativas dos leitores em relação ao conteúdo científico, transformando-se numa referência de boa qualidade, que corresponda ao desejo de aprimoramento e crescimento profissional.

Antônio Celória
Diretor Científico

Editorial – SIMMETRIA – Orofacial Harmonization in Science

Desde os primórdios a Odontologia trata não apenas de dentes, mas sim de todo o complexo orofacial, pois, desde a graduação e nos cursos de especializações, nós cirurgiões-dentistas somos capacitados ao entendimento a fundo de toda a parte anatômica orofacial, fármacos envolvidos e princípios funcionais e estéticos relacionados à saúde e harmonia da face com os dentes.

No início dos anos 2000, a toxina botulínica juntamente com os preenchedores à base de ácido hialurônico se popularizaram e se tornaram imprescindíveis materiais coadjuvantes para tratamentos estéticos/funcionais nas mais variadas áreas da Odontologia e, com o aprimoramento individual, juntamente com o desenvolvimento constante de novas técnicas e materiais, podemos dizer de boca cheia: cuidamos e bem, de caras e bocas!

Do reflexo de toda essa evolução e da qualificação ímpar dos trabalhos realizados, nada mais justo que desenvolver uma Revista a altura para divulgar tais realizações e, assim como nesta e nas outras edições, convido você, querido leitor, a conferir trabalhos que mostram o quão grande é a harmonização orofacial realizada por nós, cirurgiões-dentistas. Aproveite! e até a próxima.

Weider Silva
Editor adjunto