FORP recebe doações de dentes

FORP recebe doações de dentes

O campus de Ribeirão Preto da USP tem um local específico para receber este material: o Biobanco de Dentes Humanos, espaço localizado no prédio da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP).
 
Em média, a FORP recebe 80 doações por mês. Os dentes são utilizados por alunos de graduação em Odontologia em laboratórios e também em diversas pesquisas acadêmicas.
 
O Biobanco de Dentes Humanos da FORP foi criado em 2012, e é responsável pela arrecadação, manipulação, preservação, estocagem e utilização dos dentes doados. Eles passam primeiro por um processo de limpeza e desinfecção; após, são codificados e armazenados em local adequado. São fornecidos aos alunos e pesquisadores somente após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Instituição. Além disso, há um seguro sistema de identificação, que permite a recuperação de dados e o sigilo das informações do doador.
 
A construção de um Biobanco de Dentes Humanos, além de contribuir para manutenção de material direcionado a pesquisas e ao ensino de futuros dentistas, também contribui para inibir o comércio ilegal de dentes, prática que já foi comum.
 
Atualmente, são realizadas campanhas com os graduandos para orientar sobre a necessidade de doação. O objetivo é que quando eles se formarem, possam solicitar autorização aos pacientes para que doem à Faculdade os dentes extraídos no consultório.
 
Todo dente pode ser doado, seja ele hígido, cariado, restaurado, de leite ou permanente. No período de 2002 a 2011, foram feitas mais de 10 mil doações, que agora integram o Biobanco.
 
As doações podem ser feitas pessoalmente no Biobanco  de Dentes Humanos  ou enviadas pelo correio, em frasco hermético contendo gaze umedecida com água, acompanhado do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido.
 
Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (16) 3602-0274 ou pelo e-mail [email protected]
 
 
 
Fonte: Agência USP

Deixe uma resposta

Abrir conversa
Precisa de ajuda?