O IMPACTO DOS DEFEITOS DE ESMALTE NO PLANEJAMENTO ORTODÔNTICO

R$ 56,00

Artigo em PDF para download

ATENÇÃO: Após a confirmação de pagamento você receberá em seu email cadastrado um link para download do arquivo em versão PDF e também será disponibilizado em nosso site um link para download do arquivo.
Tanto o envio do email quanto a disponibilização do link para download só serão efetivadas após a validação do seu pagamento.

 

Descrição

Vol. 16 – Número 62 – 2023

Relato de caso

Página 22-29
O impacto dos defeitos de esmalte no planejamento ortodôntico

Ary Santos-Pinto¹
Kasandra Yupanqui²
Lourdes Santos-Pinto³

Resumo
A decisão pela extração de dentes permanentes para a solução de problemas ortodônticos considera, além da extração em si, outros fatores, dentre eles, as características clínicas do esmalte dos dentes a serem extraídos. O objetivo deste artigo foi apresentar como a presença de defeitos de esmalte dentário (DDE) influenciou na tomada de decisão e modificou o plano de tratamento ortodôntico proposto para o paciente. A severidade do defeito, o número de dentes afetados e a presença e complexidade de má oclusão são fatores que influenciaram na definição do plano de tratamento. Quanto mais grave os defeitos e mais complexa a má oclusão, maior a dificuldade no planejamento do tratamento e, em muitos casos, é indicado incorporar a contribuição de vários especialistas na tomada de decisões. Foi possível demonstrar que o tratamento da má oclusão associada a DDE com a exodontia dos dentes mais severamente afetados apresentou resultados estético e funcional adequados. Concluiu-se que um tratamento bem-sucedido da má oclusão com resultado estético dentofacial adequado, saudável e funcional, requer a compreensão da inter-relação entre os componentes estruturais bucais, oclusão dentária e estética facial.

Descritores: Defeito de esmalte dentário, tratamento ortodôntico, extração de dentes permanentes.

¹ Professor Livre Docente Voluntário – Faculdade de Odontologia de Araraquara – Unesp.
² Aluna de Pós-Graduação em Ciências Odontológicas – Faculdade de Odontologia de Araraquara – Unesp.
³ Professora Titular Voluntária – Faculdade de Odontologia de Araraquara -Unesp.

DOI: 10.24077/2023;1662-102212e1

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O IMPACTO DOS DEFEITOS DE ESMALTE NO PLANEJAMENTO ORTODÔNTICO”
Precisa de ajuda?