ADMINISTRAÇÃO DE DROGAS EM ODONTOLOGIA DO ESPORTE E O RISCO DE DOPING

R$ 56,00

Artigo em PDF para download

ATENÇÃO: Após a confirmação de pagamento você receberá em seu email cadastrado um link para download do arquivo em versão PDF e também será disponibilizado em nosso site um link para download do arquivo.
Tanto o envio do email quanto a disponibilização do link para download só serão efetivadas após a validação do seu pagamento.

Descrição

Vol. 11 – Número 43 – 2020

CADERNO DE ODONTOLOGIA CLÍNICA

Relato de caso

Página 64-68
Administração de drogas em Odontologia do esporte e o risco de doping

Marcelle Azeredo Souza1
Raphaella Martins Vieira1
Victor Paes Dias Gonçalves2
Marcus Menezes Alves Azevedo3
Filipe Junger Feghali4

RESUMO
O atendimento a um atleta profissional requer cuidados. O cirurgião dentista deve estar sempre atento às regras e normas de cada modalidade que seu paciente pratica. O artigo tem como objetivo alertar os cirurgiões dentistas sobre a prescrição de medicações, agendamento dos procedimentos para os atletas e exemplificar através de uma exodontia de supranumerário. Concluiu-se que existe a necessidade da inclusão de um cirurgião dentista no departamento de saúde dos clubes para acompanhamento da saúde bucal do atleta, para realização de procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos com conhecimento das particularidades e regras de cada modalidade praticada.

Descritores: Cirurgia bucal, doping nos esportes, saúde bucal.

1 Graduanda do curso de Odontologia – UNIFLU.
2 Especializando em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial – SL MANDIC, Esp. em Anatomia Funcional – Faculdade Unyleya, Membro – ABROE.
3 Me. em Prótese Dentária – SL MANDIC), Professor do Prótese Dentária, PoliClínica e CEO da UNIFLU.
4 Mestre em Periodontia – SL-MANDIC, Prof. de Periodontia e Policlínica – UNIFLU.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “ADMINISTRAÇÃO DE DROGAS EM ODONTOLOGIA DO ESPORTE E O RISCO DE DOPING”
Precisa de ajuda?