Utilização da hialuronidase no tratamento das complicações com preenchedores faciais de ácido hialurônico na harmonização orofacial

Utilização da hialuronidase no tratamento das complicações com preenchedores faciais de ácido hialurônico na harmonização orofacial

Vol. 4 – Número 15 – 2023 Revisão de literatura Página 70-78 Utilização da hialuronidase no tratamento das complicações com preenchedores faciais de ácido hialurônico na harmonização orofacial Andréia Gomes Moreira¹ RESUMO A harmonização orofacial é composta por procedimentos minimamente invasivos, onde o preenchimento com ácido hialurônico possue posição de destaque, devido aos seus benefícios frente ao envelhecimento facial, promovendo hidratação da pele, síntese de colágeno e volumização, além das suas características como biocompatibilidade, biodegradabilidade e reversibilidade. Complicações consideradas mais graves com esse produto, embora não muito frequente, podem ser manejadas com a utilização da hialuronidase, enzima responsável pela degradação do ácido hialurônico, a exemplo das obliterações vasculares. O objetivo do presente artigo é apresentar uma revisão narrativa da literatura sobre o uso da hialuronidase nas principais complicações dos preenchedores faciais de ácido hialurônico. Concluiu-se que a hialuronidase é indicada para o gerenciamento de complicações relacionadas aos preenchedores de com ácido hialurônico, sendo eficaz no gerenciamento de complicações graves, principalmente quando observada alterações vasculares, necrose tecidual e livedo reticular. Descritores: Ácido hialurônico, hialuronidase, estética. ¹ Dr.ª em Ortodontia – SLMandic – Campinas/SP, Esp. em Harmonização Orofacial – CFO. DOI: 10.24077/2023;4140316923

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
Abrir conversa
Precisa de ajuda?