Traumatismo dentário em crianças com transtorno do espectro autista: um olhar no período de pandemia

Traumatismo dentário em crianças com transtorno do espectro autista: um olhar no período de pandemia

Vol. 13 – Número 49 – 2021 CADERNO INTERDISCIPLINAR Artigo original Página 106-108 Traumatismo dentário em crianças com transtorno do espectro autista: um olhar no período de pandemia Suellen Pestana Moreira Ribeiro de Lima¹ Gloria Maria Pimenta Cabral¹ Edmilson Cavalcanti de Lima¹ Resumo O Transtorno do Espectro Autista (TEA) se trata de uma alteração no neurodesenvolvimento, que compromete, principalmente, a interação social e a linguagem. As especificidades neuropsicológicas e sensoriais encontradas em crianças com TEA explicam a grande desorganização comportamental no período de pandemia. O principal objetivo do presente estudo é descrever a prevalência do aumento exacerbado de traumatismos dentários em crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) em período de pandemia pela Covid-19 devido às alterações comportamentais desencadeadas por uma quebra inesperada em suas rotinas. São pacientes que podem ter prejuízo nas funções executivas, relacionadas à capacidade do indivíduo de se engajar na realização de ações voluntárias, com pouca flexibilidade e que precisam de uma rotina planejada e orientada em sua vida. É notório que a necessidade de previsibilidade e de rotina é algo marcante aos pacientes com TEA. Descritores: Transtorno do Espectro Autista, traumatismos dentários, pandemias. ¹ Odontologia – UNIESP. DOI: 10.24077/2021;1349-106108

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
LEIA MAIS
Precisa de ajuda?