Tratamento da má-oclusão de Classe III – uma análise sistemática da literatura

Tratamento da má-oclusão de Classe III – uma análise sistemática da literatura

Vol. 14 – Número 55 – 2021 Revisão sistemática Página 87-94 Tratamento da má-oclusão de Classe III – uma análise sistemática da literatura João Paulo Viana Braga1 Juliana Oliveira Gondim2 Augusto Darwin Moreira de Araújo Lima3 Alexssandra Camarço Prado Lima4 Pedro César Fernandes dos Santos5 José Jeová Siebra Moreira Neto6 Resumo O objetivo deste trabalho foi de determinar, por meio de uma revisão sistemática da literatura, os tipos e os efeitos dos aparelhos ortodôntico-ortopédicos dentofaciais no tratamento da má-oclusão esquelética de Classe III de Angle, em pacientes em crescimento, selecionando artigos com maior impacto de evidência científica. Para se alcançar esse objetivo, realizou-se uma busca retrospectiva de 1994 a 2019, nas bases de dados eletrônicas (Pubmed). Foram pesquisados os termos “Class III malocclusion”, “malocclusion, Angle Class III/therapy” e “orthopedic treatment Class III”. Os critérios de seleção foram configurados para incluir apenas ensaios clínicos randomizados da plataforma Pubmed. Os artigos foram selecionados e avaliados, de forma independente, por dois autores (kappa 0,88), baseados nos critérios de inclusão e exclusão. A estratégia de busca resultou em 25 artigos, sendo 18 resultantes da plataforma Pubmed. Após a análise desses estudos, concluiu-se que o tratamento da má-oclusao de Classe III em pacientes ainda em crescimento tem como principal modalidade terapêutica o uso da máscara facial de tração maxilar. Outros aparelhos ortodôntico-ortopédicos vêm sendo utilizados, porém com respostas mais dentoalveolares. Em pacientes que já cessaram o crescimento e não optaram pela cirurgia ortognática para a correção de suas deficiências, a abordagem com mini-implantes e miniplacas vem sendo utilizada com resultados bastante positivos, gerando excelentes tratamentos e em menor quantidade de tempo, porém ainda há poucas evidências científicas que suportam a eficácia dessa modalidade terapêutica. Descritores: Ortodontia, má-oclusão, má-oclusão de Angle Classe III, máscaras faciais, Ortopedia. 1 Mestre em Odontologia – UFC, Especialista em Ortodontia – Academia Cearense de Odontologia, Cirurgião-dentista – PSF – Prefeitura de Fortaleza. Professor titular – Unifametro. 2 Doutora em Ciências Odontológicas – UNESP, Mestre em Ciências Odontológicas – UNESP, Professora Adjunta II – UFC. 3 Mestre em Odontologia – UFC, Especialização em Ortodontia – ABO-Ce, Professor Universitário das disciplinas de Ortodontia e Odontopediatria – FAMETRO, Doutor em Odontologia. 4 Mestre em Odontologia – UFC, Especialista em Ortodontia – UECE 5 Doutor em Odontologia – USP, Mestre em Odontologia – USP, Professor Associado I – UFC. 6 Doutor em Ciências Odontológicas – UNESP, Mestre em Ciências Odontológicas – UNESP, Professor Associado 4 – UFC. DOI: 10.24077/2021;1455-8794 Prezado assinante, o artigo estará disponível para download em janeiro de 2022.

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
Abrir conversa
Precisa de ajuda?