Planejamento em prótese parcial removível e seu panorama dos últimos 20 anos no Brasil – uma revisão da literatura de estudos observacionais

Planejamento em prótese parcial removível e seu panorama dos últimos 20 anos no Brasil – uma revisão da literatura de estudos observacionais

Vol. 10 – Número 40 – 2021 Artigo de revisão Página 23-32 Planejamento em prótese parcial removível e seu panorama dos últimos 20 anos no Brasil – uma revisão da literatura de estudos observacionais Viviane Gonçalves de Figueiredo¹ Manassés Tércio Grangeiro² Larissa Micaella Arcoverde e Silva³ Resumo Objetivo: o objetivo da presente revisão de literatura foi catalogar e descrever estudos científicos observacionais sobre o planejamento da prótese parcial removível, a partir do panorama da reabilitação nos últimos 20 anos no Brasil. Metodologia: Como bases de dados Scielo, Pubmed, Google Acadêmico, BVS; bem como os termos utilizados nesta busca foram: prótese parcial removível, planejamento de prótese dentária e modelos dentários. Já os critérios de inclusão neste estudo foram estudos observacionais realizados a partir de dados obtidos no Brasil; artigos que abordem as variáveis em estudo: planejamento, qualidade dos modelos e preparos dentais publicados entre 2000 a 2020. Os critérios de exclusão deste trabalho foram revisões de literatura, casos clínicos, cartas ao editor, artigos de opinião (baixa evidência científica); literatura com dados de outros países; artigos não disponíveis na íntegra pelas bases de dados; artigos que abordem o planejamento de PPRs não convencionais. A seleção dos artigos foi realizada com base nos resumos ou abstracts. Resultados: a seleção resultou em 11 pesquisas sobre o tema, os trabalhos apresentaram elevada prevalência da ausência do planejamento (desenho) e preparos dentais, nichos e planos guia, além de modelos em gesso em condições precárias. Sendo observado que a responsabilidade na elaboração do desenho da estrutura metálica pelo cirurgião-dentista tem sido delegada ao técnico em prótese dentária. Conclusão: A partir da metodologia empregada nesta revisão de literatura, os achados mostraram um panorama sombrio no Brasil, quanto ao planejamento da prótese parcial removível que é negligenciado pelo cirurgião-dentista. Descritores: Prótese parcial removível, planejamento de prótese dentária, modelos dentários. ¹ Prótese e Cirurgia Buco-facial – UFPE. ² Doutorando em Odontologia Restauradora – Especialidade Prótese Dentária – UNESP. ³ Graduanda em Odontologia – UFPE. DOI: 10.24077/2021;1040-2332 Prezado assinante, o artigo estará disponível para download em janeiro de 2022.

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
Abrir conversa
Precisa de ajuda?