Musicoterapia como terapia alternativa em Odontologia – uma revisão sistemática

Musicoterapia como terapia alternativa em Odontologia – uma revisão sistemática

Vol. 12 – Número 47 – 2021 CADERNO INTERDISCIPLINAR Revisão sistemática Página 132-137 Musicoterapia como terapia alternativa em Odontologia – uma revisão sistemática José Ricardo Mariano1 Jhonata Teixeira de Lima2 Hugo Eduardo de Miranda Peixoto3 João Paulo Lyra e Silva4 RESUMO Cada vez mais os pacientes buscam tratamentos diferenciados, que valorizam o ser humano e tragam-lhe bem estar. Neste contexto, cresceu a procura pela prática das terapias alternativas que valorizam a natureza, o ser humano e as energias presentes em cada organismo. Existem algumas possíveis razões pelas quais a música pode produzir efeitos positivos na saúde, tais como: a música é ubíqua, emocional, envolvente, distrai, gera uma demanda física, é ambígua, social, comunicativa, afeta o comportamento e a identidade. Essa revisão sistemática apresenta uma visão geral sobre a musicoterapia como alternativa que pode ser usada no consultório odontológico estando determinado o controle da ansiedade como sendo o benefício desta prática. Descritores: Ansiedade, musicoterapia, Odontologia. 1 Odontologia – Centro Universitário Unieuro. 2 Odontologia – Centro Universitário Unifacvest. 3 Odontologia – Faculdade de Tecnologia Futuro. 4 Odontologia – Unyleya. DOI: 10.24077/2021;1247132137 Prezado assinante, o artigo estará disponível para download em janeiro de 2022.

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
Abrir conversa
Precisa de ajuda?