COLUNA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA – O uso de membrana de colágeno de pericárdio bovino para o aumento de volume de mucosa nas cirurgias de reabertura de implantes

COLUNA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA – O uso de membrana de colágeno de pericárdio bovino para o aumento de volume de mucosa nas cirurgias de reabertura de implantes

Vol. 13 – Número 51 – 2022 COLUNA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA Página 16-19 O uso de membrana de colágeno de pericárdio bovino para o aumento de volume de mucosa nas cirurgias de reabertura de implantes Fábio Shiniti Mizutani¹ A espessura dos tecidos moles no rebordo alveolar expressa um papel essencial no desenvolvimento funcional e estético do perfil de emergência protético das reabilitações com implantes dentários. Para tanto, técnicas de enxertias gengivais foram desenvolvidas para atender a demanda de volume tecidual e promover uma melhor relação dento-gengival. Essas técnicas abordam o uso de um enxerto subepitelial removido do palato e transferido para a área vestibular dos implantes, fixados através de suturas. No entanto, a remoção deste tecido provoca desconforto e pode trazer complicações como dor, sangramento e edema pós-operatório. ¹ Me. e Dr. em Implantodontia – SLMandic, Prof. do Mestrado em Periodontia – SLMandic. DOI: 10.24077/2022;1351040622

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
LEIA MAIS
Precisa de ajuda?