Amálgama como fator desencadeante de lesão liquenoide – relato de caso

Amálgama como fator desencadeante de lesão liquenoide – relato de caso

Vol. 13 – Número 50 – 2022 CADERNO DE ODONTOLOGIA CLÍNICA Relato de caso Página 93-97 Amálgama como fator desencadeante de lesão liquenoide – relato de caso Eduardo Martins Nogueira¹ Myrian Salles Vieira¹ Antonio Jorge Araújo de Vasconcelos¹ Lioney Nobre Cabral¹ Resumo Amálgama é uma liga metálica onde um dos componentes se encontra em estado líquido. Na Odontologia, essa liga é formada de prata (Ag), estanho (Sn), mercúrio (Hg), em sua maioria, e é utilizada geralmente em restaurações de dentes posteriores. Em raros casos, o paciente pode apresentar um tipo de alergia ao mercúrio presente no amálgama, uma condição denominada reação liquenoide oral, que é uma alteração patológica de caráter imunológico determinada através do contato com uma substância exógena e que apresenta lesões de semelhança clínica e histopatológica ao líquen plano oral, tornando seu diagnóstico difícil. O objetivo do presente trabalho é relatar o diagnóstico dessas reações liquenoides orais, bem como seu tratamento. Descritores: Amálgama dentário, líquen plano bucal, erupções liquenoides. ¹ Disciplina de Estomatologia – ESA/UEA. DOI: 10.24077/2022;13502424226

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
Precisa de ajuda?