Tratamento da Classe III esquelética associada à mordida aberta – relato de caso

Tratamento da Classe III esquelética associada à mordida aberta – relato de caso

Vol. 11 – Número 41 – 2018 Relato de caso | Case report Página 72-81 Tratamento da Classe III esquelética associada à mordida aberta – relato de caso Treatment of skeletal Class III associated with open bite – case report Daiana Andrade Nascimento1 Karina Santana Cruz2 Gustavo Tirado Rodrigues3 Thiago Correia Barbosa Lemos4 Resumo A Classe III esquelética, apesar de baixa prevalência na população, representa um grande desafio ao ortodontista em virtude da imprevisibilidade do padrão de crescimento da mandíbula que é determinado geneticamente. Pode ser causada por uma retrusão maxilar, protrusão mandibular ou uma combinação de ambas. Sua associação à mordida aberta esquelética constitui um desafio adicional. Entre os tratamentos preconizados para a Classe III, encontram-se a protração maxilar, a camuflagem ortodôntica e a correção orto-cirúrgica. Este trabalho objetiva apresentar um caso clínico de um paciente do sexo masculino em fase de crescimento. Foi diagnosticada Classe III esquelética por retrognatismo maxilar, hipoplasia da região zigomática, perfil facial convexo e leve padrão dolicofacial; incisivos superiores vestibularizados e incisivos inferiores levemente retruídos, mordida aberta anterior e posterior associada à postura alterada da língua. A terapia escolhida foi a disjunção com aparelho Hyrax e tração reversa da maxila com máscara de Petit, seguida de Ortodontia fixa com exodontia dos primeiros pré-molares para correção da mordida aberta; também foi utilizado arco lingual com esporões para correção da postura da língua. A oclusão normal foi obtida de acordo com os princípios funcionais e estéticos, com correção da Classe III e da mordida aberta. Houve melhora no relacionamento entre a maxila e a mandíbula sem alterações significativas no padrão vertical. A limitação facial foi plenamente aceita pelo paciente que havia recusado a opção pelo tratamento cirúrgico. Descritores: Aparelhos de tração extrabucal, maoclusão de Angle Classe III, mordida aberta, Ortodontia corretiva. Abstract Skeletal Class III malocclusion, despite low prevalence in the population, represents a great challenge to the orthodontist due to the unpredictability of the jaw growth pattern, which is genetically determined. It can be caused by a maxillary retrusion, mandibular protrusion or a combination of both. Its association with skeletal open bite consists in an additional challenge. Among the treatment options recommended for Class III, there are maxillary protraction, orthodontic camouflage, and orthodontic-surgical correction. This article aims to present a case report of a male patient, in growth phase. It was diagnosed skeletal Class III due to maxillary retrognathism, zygomatic hypoplasia, convex facial profile, mild dolichofacial pattern; proclined upper incisors and slightly retruded lower incisors, anterior and posterior open bite associated with altered tongue posture. The therapy chosen was the disjunction with Hyrax appliance and reverse traction of the maxilla with Petit facemask, followed by fixed orthodontics with first premolars extraction for correction of open bite; and lingual arch with spurs was also used for tongue posture correction. Normal occlusion was obtained according to functional and aesthetic principles, with Class III and open bite correction. There was improvement in the relationship between the maxilla and the mandible without significant changes in the vertical pattern. The facial limitation was fully accepted by the patient who had refused the option for surgical treatment. Descriptors: Extraoral traction appliances, Angle Class III malocclusion, open bite, corrective Orthodontics. 1 Aluna do III Curso de Especialização em Ortodontia – UNIT/SE, Graduação em Odontologia – UFS. 2 Doutora, Mestra e Especialista em Ortodontia – USP/Bauru, Professora do III Curso de Especialização em Ortodontia – UNIT/SE. 3 Diplomado pelo Board Brasileiro de Ortodontia, Coordenador da Especialização em Ortodontia – UNIT/SE. 4 Mestre em Ortodontia – UNOPAR, Especialista em Ortodontia – UNIT/SE.

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
Abrir conversa
Precisa de ajuda?