Revisão sistemática sobre o tratamento combinado de ácido hialurônico e toxina botulínica “A” na harmonização facial

Revisão sistemática sobre o tratamento combinado de ácido hialurônico e toxina botulínica “A” na harmonização facial

Vol. 2 – Número 8 – 2021 Revisão de literatura Página 52-57 Revisão sistemática sobre o tratamento combinado de ácido hialurônico e toxina botulínica “A” na harmonização facial Viliane Lourdes Banaszeski¹ Beatriz Póvoa² Resumo Levando em consideração a importância do ácido hialurônico e da toxina botulínica do tipo A em tratamentos estéticos, o objetivo deste estudo foi de verificar os resultados que a combinação desses agentes pode contribuir na resposta clínica estética dinâmica, sinérgica e efetiva. Material e métodos: revisão bibliográfica sistemática, através do levantamento de publicações científicas nacionais e internacionais, no período de 2016 a 2021 nas seguintes bases de dados virtuais: Google Acadêmico (Scholar), Pubmed, BVS (Biblioteca Virtual em Saúde – Medline e Lilacs), utilizando os termos: ácido hialurônico, toxina botulínica, preenchedores dérmicos e envelhecimento. Foram encontrados 27 artigos, dos quais 11 se enquadraram nos critérios de inclusão. Os seguintes critérios de inclusão foram utilizados: publicações científicas com relatos de tratamento estético facial utilizando ácido hialurônico e toxina botulínica combinados, no mesmo período de tratamento. Os critérios de exclusão foram as publicações que não estavam dentro dos itens relatados acima. Resultado e discussão: a abordagem combinada de ácido hialurônico e toxina botulínica A evidenciou níveis elevados de melhor estética e satisfação do paciente. Os índices de eficácia foram avaliados através de diversas escalas que demonstraram escores elevados em relação ao pré-tratamento, com o resultado idealizado pelo paciente: uma aparência natural, equilibrada e bela. Conclusão: a harmonização facial cresceu consideravelmente nos últimos anos em relação aos produtos e técnicas de aplicação. Diversos estudos evidenciaram que o tratamento combinado de ácido hialurônico e toxina botulínica proporcionou melhores resultados, sendo evidenciado através de escalas aplicadas pelo profissional e autoavaliação do paciente. Descritores: Ácido Hialurônico, Toxina Botulínica, Harmonização Facial. ¹ Enfermeira, Esp. na área de Saúde Estética Avançada, Me. em Ciências da Saúde – Biomedicina. ² CD, Esp. em Harmonização Orofacial e Cirurgia Bucomaxilofacial, Me. em Neurociências. DOI: 10.24077/2021285257 Prezado assinante, o artigo estará disponível para download em janeiro de 2022.

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
Abrir conversa
Precisa de ajuda?