Reabilitação oral com prótese fixa em paciente com falha primária de erupção (FPE) – relato de caso

Reabilitação oral com prótese fixa em paciente com falha primária de erupção (FPE) – relato de caso

Vol. 12 – Número 48 – 2021 CADERNO DE ODONTOLOGIA CLÍNICA Relato de caso Página 68-74 Reabilitação oral com prótese fixa em paciente com falha primária de erupção (FPE) – relato de caso Cristiano Pires e Silva¹ Lara Pepita de Souza Oliveira² Resumo Obstrução mecânica, fatores ambientais ou genéticos são algumas das causas para falhas de erupção dentária que podem comprometer o adequado crescimento maxilomandibular. A falha primária de erupção (FPE) é uma condição rara, na qual os dentes envolvidos entram em erupção parcialmente e permanecem em infraoclusão ou anquilosados, ocasionando uma mordida aberta posterior. O objetivo deste trabalho é apresentar um relato de caso de reabilitação oral estética e funcional com prótese fixa (coroas totais e laminados cerâmicos), em paciente com FPE. Paciente do gênero masculino, 30 anos, procurou atendimento com queixa de insatisfação com o aspecto do sorriso em virtude de insucesso com tratamento protético e ortodôntico previamente realizados. Mediante anamnese, exame clínico e radiográfico, constatou-se anquilose bilateral posterior em alguns elementos dentários, os quais obtiveram insucesso em tratamentos prévios realizados com ortodontia e próteses removíveis, além de desgastes incisais presentes em dentes anteriores. Dessa forma, o tratamento objetivou a correção do eixo de inserção, melhoria da biomecânica e estética nesses dentes. Foram realizados preparos com acréscimos em resina composta para as reabilitações com coroas cerâmicas ácido sensíveis de dissilicato de lítio. Laminados cerâmicos foram utilizados para reabilitar dentes superiores anteriores que apresentavam desgastes incisais em virtude da inadequada mordida. O paciente mostrou-se muito satisfeito com a devolução estético-funcional de seu tratamento. Concluiu-se que a FPE é uma condição capaz de induzir a falhas de tratamentos ortodônticos ou cirúrgicos na tentativa de movimentação, o que maximiza a relevância do seu diagnóstico precoce. Descritores: Coroas, lentes de contato, doenças dentárias. ¹ Me. em Clínica Odontológica – FAO/UFAM, Esp. em Prótese Dentária – PUC/MG, Prof. Adjunto de Prótese Fixa e Oclusão – UEA. ² Mestranda em Odontologia (Reabilitação Oral) – FAO/UFAM. DOI: 10.24077/2021;1248-6874 Prezado assinante, o artigo estará disponível para download em janeiro de 2022.

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
Abrir conversa
Precisa de ajuda?