Preparo de boca para prótese parcial removível – acréscimos de resina composta

Vol. 14 – Número 54 – 2023 CADERNO DE ODONTOLOGIA CLÍNICA Relato de caso Página 58-65 Preparo de boca para prótese parcial removível – acréscimos de resina composta Zuila Maria Lobato Wanghon1 Isabela Reginaldo2 Alexandra Feldmann1 Adriana Pinto Bezerra1 Analucia Gebler Philippi3 Thais Marques Simek Vega Gonçalves3 RESUMO O correto preparo de boca é essencial para o funcionamento biomecânico da prótese parcial removível (PPR), mantendo, assim, a saúde dos dentes e tecidos de suporte. Entretanto, muitas vezes, essa etapa é negligenciada e muitas próteses passam a ser iatrogênicas. Em dentes anteriores, por exemplo, a delgada espessura do esmalte dental pode inviabilizar o desgaste para confecção do nicho no cíngulo. Nesses casos, o acréscimo de resina composta é uma opção prática, reversível e efetiva, que permite o correto posicionamento do nicho. Acréscimos de resina composta também são indicados na adequação da linha equatorial, melhorando a retenção e, muitas vezes, a estética final da prótese. Este artigo relata o passo a passo do acréscimo de resina composta, tanto para a confecção de nichos em cíngulos, quanto para o aumento de retenção vestibular. Descritores: Prótese parcial removível, preparo de nichos, acréscimo de resina composta. 1 Pós-graduanda em Clínicas Odontológicas – UFSC. 2 Graduanda em Odontologia – UFSC. 3 Prof.ª do Departamento de Odontologia – UFSC. DOI: 10.24077/2023;145402223987781501 Prezado assinante, o artigo estará disponível para download em janeiro de 2024.

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
LEIA MAIS
Precisa de ajuda?