Facetas cerâmicas: uma abordagem clínica e científica

Facetas cerâmicas: uma abordagem clínica e científica

Vol. 14 – Número 53 – 2022 CADERNO DE ODONTOLOGIA CLÍNICA Artigo de revisão Página 112-120 Facetas cerâmicas: uma abordagem clínica e científica Vandré Taumaturgo Mesquita1 Jefferson Henrique Lima Brandão2 Jessica Maria Gomes Ferreira2 Evamiris França Landim Vasques3 Carla Samira Mesquita4 Lucas Brito Matias4 RESUMO Ao longo dos últimos anos, a procura por restaurações estéticas tem ascendido. Uma das alternativas de material restaurador, temos as cerâmicas dentais. Essas, promovem uma grande adaptação das estruturas dentais, seguindo a um procedimento conservador que proporciona a restauração da camada de esmalte perdida e devolvendo resistência mecânica ao dente e garantindo a estabilidade da cor. Esses materiais, indiretos, são abordados como referência nos tratamentos que promovem a autoestima e consequentemente, a excelência estética. Em prol disso, se tornam necessários os conhecimentos sobre indicações, contraindicações, vantagens, desvantagens, material, seleção da cor, preparo, moldagem, cimentação, acabamento e controle. Sob essa ótica, o objetivo deste estudo foi realizar uma revisão de literatura sobre facetas cerâmicas, esclarecendo os passos clínicos, vantagens, desvantagens, indicação e contraindicação de facetas cerâmicas. Descritores: Prótese parcial fixa, estética dentária, facetas dentárias. 1 Prótese Dentária – POSDOC – Teresina/CE, Prótese Dentária – GEPROI – Juazeiro do Norte/CE. 2 Prótese Dentária – POSDOC – Teresina/CE. 3 Prótese Dentária – GEPROI – Juazeiro do Norte/CE, Prótese Dentária – Unileão – Juazeiro do Norte/CE. 4 Prótese Dentária – GEPROI – Juazeiro do Norte/CE. DOI: 10.24077/2022;14530129329

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
Precisa de ajuda?