Análise facial subjetiva e sua relação com o diagnóstico ortodôntico considerando a miscigenação racial no Brasil – revisão de literatura

Análise facial subjetiva e sua relação com o diagnóstico ortodôntico considerando a miscigenação racial no Brasil – revisão de literatura

Vol. 7– Número 26 – 2014 Artigo de revisão (Review article) Página 226-228 Análise facial subjetiva e sua relação com o diagnóstico ortodôntico considerando a miscigenação racial no Brasil – revisão de literatura Subjective facial analysis and its relation to orthodontic diagnosis considering the Brazilian miscegenation – literature review Thatiani Bandeira dos Santos Rehme1 João Maria Baptista2 Marcello Salloume Semaan3 Sidnei Valieri4 João Joseph Hanna Jabra5 Resumo O objetivo deste estudo é corroborar com a afirmação atual de que a análise facial subjetiva é um método válido e necessário no diagnóstico e planejamento ortodônticos, através de uma revisão da literatura científica disponível atualmente em meios eletrônicos de pesquisa. Buscou-se nas bases de dados SciELO (Scientific Electronic Library Online), LILACS (Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciências da Saúde) e MEDLINE (Literatura Internacional em Ciências da Saúde) artigos que abordassem, sob alguma forma, a análise facial subjetiva e análise facial subjetiva em população exclusivamente brasileira, com publicação entre 1960 e 2010. Somente 16 artigos puderam ser incluídos nesta revisão. Todos os artigos encontrados afirmam a importância da análise facial subjetiva no diagnóstico ortodôntico, principalmente pelos fatores psicológico e social envolvidos. Descritores: Ortodontia, estética, diagnóstico. Abstract The aim of this study was to corroborate, through a review of scientific literature currently available in electronic media research, that the assertion that the current subjective facial analysis is a valid and necessary method in orthodontics diagnosis and planning. We searched in the databases SciELO (Scientific Electronic Library Online), LILACS (Latin American and Caribbean Health Sciences), and MEDLINE (International Literature on Health Sciences) for articles that have addressed in some form, the subjective facial analysis and subjective facial analysis exclusively in Brazilian population, published between 1960 and 2010. Only 16 articles were used in this review. All articles found sustain the importance of subjective facial analysis in orthodontic diagnosis, mainly due to the psychological and social factors involved. Descriptors: Orthodontics, aesthetic, diagnostic. 1 Cirurgiã-dentista – PUCPR, Especialista em Odontologia do Trabalho – ABO/PR. 2 Professor do Curso de Ortodontia – SOEPAR, Professor de Pós-graduação em Ortodontia – UFPR. 3 Especialista em Ortodontia – AMO, Mestre em Ortodontia – UNIMAR. 4 Especialista e Mestre em Ortodontia, Professor do Curso de Especialização em Ortodontia – ABCD/SC. 5 Especialista em Ortodontia – BACG/MS, Professor do Curso de Especialização em Ortodontia – SOEPAR. 

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
LEIA MAIS
Precisa de ajuda?