Restauração semidireta do tipo Endocrown em dente posterior extensamente destruído

R$ 56,00

Artigo em PDF para download

ATENÇÃO: Após a confirmação de pagamento você receberá em seu email cadastrado um link para download do arquivo em versão PDF e também será disponibilizado em nosso site um link para download do arquivo.
Tanto o envio do email quanto a disponibilização do link para download só serão efetivadas após a validação do seu pagamento.

Product price
Additional options total:
Order total:

Descrição

Vol. 10 – Número 40 – 2019

CADERNO DE ODONTOLOGIA CLÍNICA

Relato de caso

Página 83-93
Restauração semidireta do tipo Endocrown em dente posterior extensamente destruído

Fernanda Sandes de Lucena1
Gisele Aihara Haragushiku2
Ana Cristina Távora de Albuquerque Lopes¹
Rafael Francisco Lia Mondelli³
Adilson Yoshio Furuse4

Resumo
Endocrowns são coroas confeccionadas utilizando a câmara pulpar como recurso mecânico de retenção, evitando a necessidade de pinos e preparos mais extensos. Essas restaurações podem ser confeccionadas através de diferentes técnicas, dentre elas, a técnica semidireta. Esta técnica consiste na confecção de restauração extrabucal de resina composta, geralmente em modelos rígidos ou flexíveis, e posterior cimentação, sendo uma alternativa que facilita a reprodução anatômica, acabamento e polimento da restauração e menor custo para o paciente. O objetivo deste trabalho é relatar um caso clínico de paciente com molar extensamente destruído e tratado endodonticamente, em que uma restauração do tipo Endocrown foi confeccionada através de técnica semidireta. Neste caso, o dente 46 de um paciente do gênero masculino, de 33 anos, foi preparado com pontas diamantadas tronco-cônicas, de modo a se obter um preparo ligeiramente expulsivo, este foi moldado com silicona de condensação. Ao molde, foi injetada silicona de adição para obtenção de um modelo flexível para a confecção da restauração. Posteriormente, a restauração foi realizada neste modelo, utilizando-se resina Bulk Fill para preenchimento da cavidade, seguida de dentina A3, aplicação de pigmento ocre e camada de resina de esmalte A2 e, após fotopolimerização, a peça foi cimentada com cimento resinoso. Os procedimentos de acabamento e polimento foram realizados fora da boca e também foi realizado procedimento de pós-polimerização para obtenção de melhores propriedades mecânicas da restauração. A restauração semidireta do tipo Endocrown devolveu função e estética ao molar, com adequada adaptação marginal, garantindo resultados imediatos, baixo custo e conforto ao paciente.

Descritores: Endodontia, resinas compostas, restauração dentária permanente.

¹ Doutoranda do Depto. de Dentística, Endodontia e Materiais Odontológicos – FOB/USP.
² Prática privada – Bauru/SP.
³ Prof. Titular do Departamento de Dentística, Endodontia e Materiais Odontológicos – FOB/USP.
4 Prof. Assistente do Depto. de Dentística, Endodontia e Materiais Odontológicos – FOB/USP.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Restauração semidireta do tipo Endocrown em dente posterior extensamente destruído”
Abrir conversa
Precisa de ajuda?