O que suas bebidas favoritas estão fazendo com seus dentes

Publicado em 01/02/2019 00:00

Cientistas descobriram chá de frutas entre as refeições pode aumentar em até 11 vezes a propensão à erosão nos dentes, o que nos leva nos perguntar: o que as outras bebidas estão fazendo com nossos dentes?
 
As bebidas representam duas ameaças aos dentes: deterioração e erosão. "Toda vez que tomamos bebidas que contêm açúcar, as bactérias que vivem em nossas bocas o usam para produzir ácido, que, por sua vez, dissolve os dentes e causa a deterioração dos dentes".
 
A deterioração dos dentes começa de forma localizada e pode formar um buraco no dente, que precisa ser restaurado. A erosão pode ocorrer em toda a superfície do dente.
 
"Erosão dental é a perda permanente de tecido dental por causa do desgaste causado por ácidos. A principal fonte de ácido são os alimentos e as bebidas. Quando o desgaste é extremo, o dente diminui de tamanho e pode causar desconforto, exigindo tratamentos extensivo".
 
Agora que cortamos chá de frutas da nossa lista de bebidas, o que outras bebidas populares estão fazendo com nossos dentes e o que podemos fazer para evitar problemas.
 
1. Sucos e vitaminas de frutas
 
Sucos e vitaminas são apresentados como alternativas saudáveis porque contribuem para as cinco porções diárias de vegetais, temos de ter cuidado com o consumo dessas bebidas, pois elas contêm açúcar e ácido.
 
"A combinação significa que o esmalte do dente amolece e, se isso acontece com frequência, devido ao consumo ao longo do dia, o esmalte sofrerá erosão", afirma ela. "Com o tempo, o dente diminui e se torna mais suscetível à deterioração. Minha recomendação é consumir essas bebidas somente durante as refeições, sempre com moderação. Canudos também ajudam, pois o líquido tem menos contato com os dentes."
 
2. Bebidas com gás
 
Em 2013, segundo as estatísticas mais recentes, quase um terço das crianças de 5 anos, e quase metade (46%) das de 8 anos, apresentaram deterioração dental associada ao consumo de bebidas com gás. A recomendação é que crianças de 4 a 6 anos não consumam mais de 19 gramas de açúcar por dia, mas alguns refrigerantes, como uma lata de Coca-Cola, contêm mais que isso.
 
"Refrigerantes não devem ser parte da dieta das crianças pequenas". "Para as maiores e para os adultos, deve ser algo ocasional, com refeições e sempre pontual [nada de ficar bebericando ao longo do dia]. Tomar refrigerante gelado e com um canudo minimiza a erosão."
 
3. Chá e café
 
Consumidos sem açúcar, chá e café não costumam causar cáries e erosão, diz Stevens, mas isso não significa que eles não sejam problemáticos.
 
"Chá e café podem manchar os dentes, se consumidos com frequência. Chás de frutas são sugeridos como alternativa saudável, mas também exigem atenção, pois podem ser ácidos".
 
4. Água com gás
 
A água com gás não contém o açúcar associado a outras bebidas gaseificadas, como refrigerantes, portanto é geralmente considerada mais saudável.
 
Mas toda bebida com gás tem bolhas graças ao ácido carbônico, que causa erosão. Por isso, Stevens afirma que a água com gás deve ser consumida apenas de vez em quando, sempre na hora da refeição.
 
5. Vinho
 
Infelizmente, tanto o vinho tinto quanto o branco podem causar danos aos dentes. O tinto pode manchar os dentes, e o branco é mais erosivo. "O Prosecco é ainda pior, porque combina as bolhas com a acidez do vinho branco", acrescenta ela. "De novo, tente restringi-los às refeições."
 
Como podemos proteger os dentes?
 
Para minimizar o risco de danos, é importante reduzir o consumo de bebidas que contêm açúcar e evitar tomá-las ao longo do dia, pois isso significa menos tempo para que a boca se recupere entre as doses de açúcar. É melhor tomar uma lata de Coca-Cola de uma vez em vez de bebericá-la ao longo do dia. recomenda escovar os dentes duas vezes ao dia e sempre que possível beber de canudinho, pois isso limita o contato dos líquidos com os dentes – idealmente, com canudinhos que não sejam de plástico. "Para as crianças pequenas, cujos dentes têm esmalte mais fino, só leite e água são recomendados entre as refeições".
 
Fonte: Huffpost - Via ABO Nacional

EDITORA PLENA