Pacientes diabéticos possuem maior risco de perda de dente

Publicado em 12/06/2018 00:00

Uma nova pesquisa apresentou evidências adicionais de que a diabetes está associada à condições bucais como o edentulismo. Num estudo publicado recentemente, os cientistas observaram que pacientes com diabetes estavam mais propensos a sofrerem de edentulismo do que os adultos sem diabetes.
 
No estudo, os pesquisadores do Departamento de Saúde do Estado de Nova Iorque analisaram exames bucais e dados auto-relatados de diabetes de 2.508 pessoas com idade igual ou superior a 50 anos. Ao calcularem a prevalência de edentulismo e o número de dentes perdidos entre os pacientes dentados, os pesquisadores foram capazes de estabelecer uma relação entre a diabetes e a perda de dentes na pesquisa populacional.
 
Entre outras descobertas, eles descobriram que 28% dos participantes diagnosticados com diabetes e 14% sem diabetes eram edêntulos. Em adição, eles observaram que os com diabetes possuíam menos dentes.
Em geral, os pesquisadores estimaram que 1 em cada 5 casos de edentulismo nos E.U.A. está relacionado com a diabetes. Logo, eles enfatizaram que os profissionais da área de saúde devem reconhecer o risco da perda de dente e o efeito desse na qualidade de vida dos pacientes diabéticos.
 
De acordo com a Ficha Técnica Nacional de Diabetes de 2011 dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, a diabetes afeta 25.8 milhões de pessoas, cerca de 8,3% da população estadunidense. Sendo, portanto, a sétima causa de óbitos nos E.U.A..
 
Os dados para o estudo foram obtidos na Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição, um programa criado para acessar as condições de saúde e nutrição de adultos e crianças nos E.U.A, que estão preocupados com diversas doenças, condições médicas e indicadores de saúde que incluem doenças como diabetes, cardiovasculares e obesidade. A pesquisa examina uma amostra nacional significativa com cerca de 5.000 pessoas todos os anos.
 
 
Fonte: Dental Tribune
 
 
 

EDITORA PLENA