Bactéria causadora da periodontite pode desencadear o câncer

Publicado em 14/05/2018 00:00

Na Finlândia, os pesquisadores têm investigado o papel de uma bactéria fortemente associada com periodontite no desenvolvimento de cânceres orais e certos outros. Em um segundo estudo, eles também encontraram uma relação entre periodontite e mortalidade por câncer a nível populacional.
 
O primeiro estudo tem, pela primeira vez, revelou a existência de um mecanismo em nível molecular, através do qual uma bactéria associada à periodontite, Treponema denticola, também pode contribuir para a carcinogênese. Os pesquisadores descobriram que o principal fator de virulência de T. denticola, quimiotripsina-como proteinase, ocorre também em tumores malignos do trato gastrointestinal, por exemplo, câncer pancreático. De acordo com descoberta em outro estudo, a enzima tem a capacidade de ativar as enzimas que as células cancerosas usam para invadir o tecido saudável. Ao mesmo tempo, a proteinase diminuiu a eficácia do sistema imunológico, por exemplo, com a inativação de moléculas conhecidas como inibidores da enzima de conversão.
 
No segundo estudo, comprovou-se que a periodontite está claramente associada com a mortalidade por câncer em nível populacional. Uma forte ligação à mortalidade por câncer pancreático foi encontrada. Cerca de 70.000 finlandeses fizeram parte neste estudo de follow-up de 10 anos.
 
“Esses estudos demonstraram pela primeira vez que os fatores de virulência da bactéria patogênica central subjacente à doença da gengiva são capazes de espalhar da boca para outras partes do corpo, provavelmente em conjunto com a bactéria, e tomar parte em mecanismos centrais da destruição tecidual relacionadas com o câncer,” disse o Prof. Timo Sorsa, da Universidade de Helsinki.
 
Os pesquisadores concluíram que a inflamação sistêmica de baixo grau relacionada com periodontite facilita a propagação de bactéria oral e seus fatores de virulência para outras partes do corpo. Eles salientaram que a prevenção e o diagnóstico precoce da periodontite são muito importantes, tanto para a saúde oral dos pacientes e o seu bem estar geral.
 
“No longo prazo, isso é extremamente econômico para a sociedade”, observou Sorsa.
 
Os estudos foram realizados por grupos de pesquisa liderados por Sorsa, Prof. Caj Haglund, Dr. Jari Haukka e Dra. Jaana Hagström da Universidade de Helsinki.
 
O primeiro estudo, intitulado “O Treponema denticola quimiotripsina-como proteinase pode contribuir para carcinogênese ortodigestiva através de imunomodulação “, foi publicado on-line em 16 de novembro de 2017 no British Journal of Cancer. O segundo estudo, intitulado “Periodontite e mortalidade por câncer: Registro com base em estudo de coorte de 68 273 adultos em 10 anos de follow-up”, foi publicado on-line em 11 de janeiro de 2018 no International Journal of Cancer.
 
Outros estudos já se encontram em curso, tanto na Universidade de Helsinki e no Karolinska Institutet.
 
 
Fonte: Dental Tribune

EDITORA PLENA