Grupo protesta em Bauru contra impasse envolvendo Instituto Branemark

Publicado em 13/11/2017 00:00

Instituto teria deixado de cumprir termos do contrato de concessão das instalações que ocupa há 13 anos, por isso a prefeitura retomou o prédio, mas tenta acorda para manter atendimento.
 
A polêmica sobre a permanência ou não do Instituto Branemark gerou um ato de protesto em Bauru (SP) na manhã do sábado (11). Pacientes, dentistas e moradores fizeram uma manifestação e deram um abraço simbólico no prédio para demonstrar apoio ao instituto que pode ser fechado.
 
O Branemark é referência mundial na reabilitação de pacientes que perderam os dentes ou parte da face por mal formação, por causa de um acidente ou alguma doença. Sediado em Bauru desde 2004, o instituto recebeu da prefeitura uma área de 1,8 mil metros quadrados.
 
O termo da concessão de dez anos assinado na época determinava que 120 pessoas deveriam atendidas gratuitamente por mês, mas uma perícia do Ministério Público apontou um número abaixo do acordado.
 
Uma ação civil pública foi protocolada e a Justiça realiza audiências para tentar um acordo entre prefeitura e a instituição.
 
 
Fonte: G1
 
 

EDITORA PLENA