Uma nova evolução dos implantes dentários

Publicado em 07/08/2017 00:00

Implantes dentários não são algo novo, mas as novas tecnologias usadas neste procedimento tem trazido surpresas e uma variada gama de alternativas para as pessoas que estão procurando melhorar o sorriso.
 
Uma das recentes descobertas foi feita por uma equipe de pesquisadores do centro médico da Universidade Columbia, nos Estados Unidos.
 
Os especialistas anunciaram, há alguns anos, a descoberta de um sistema que permite guiar a trajetória das células-tronco (aquelas que dão origem a diferentes tecidos do corpo) para um molde tridimensional que, por sua vez, está imbuído de um fator de crescimento que promove o desenvolvimento da célula.
 
Por meio desta técnica, os pesquisadores acreditam que, no futuro, será possível fabricar dentes artificiais que se tornam anatomicamente corretos - adaptados para a região da boca onde foram colocados - em apenas nove semanas após o implante, e que serão desenvolvidos dentro da própria boca.
 
Esta nova técnica promete um processo mais natural, com um menor tempo de recuperação e que aproveita as características e o trabalho do próprio corpo para o nascimento dos novos dentes.
 
 
 
Fonte: Terra/Saúde Dental

EDITORA PLENA