Fullscience: Editorial

Editorial -  Full Dentistry in Science - Edição 35

Quando seguir em frente é a única opção.
DESISTIR JAMAIS!
 
Você imagina, tem ideia de quantos obstáculos, desafios já ultrapassamos? Quantos não já recebemos e que nos trouxeram até aqui?
 
Imagine que um grupo de 100 pessoas recebeu uma oportunidade, a chance de realizar um sonho em comum: chegar ao TOPO de uma linda montanha. Sabe quantos chegaram no topo, na vitória, aproveitaram essa chance única e realizaram o seu sonho? Apenas 5.
 
De partida, logo ali no início, nos primeiros passos, 60 desistiram, porque sucumbiram às vozes internas e externas que inundaram seus pensamentos de justificativas e desculpas. “É difícil. Não consigo. Sou muito novo. Sou muito velho. Ninguém da minha família apoia. Tenho filhos. Perdi meus pais. A montanha é alta demais.” E mesmo sonhando com a vista lá de cima, que é linda, desistiram.
 
Outros 35 iniciaram a jornada, mas no meio do caminho se acomodaram frente aos obstáculos e desafios. Neve, frio, avalanche, ar rarefeito e pouca comida. Com medo e receio de seguirem em frente e falharem em algum momento eles preferiram acampar ali mesmo e disseram a eles mesmos: “Aqui está bom. É seguro. Quentinho. Já subi muito. Já fiz muito mais do que eu imaginava.” E um pensamento pior ainda tomou conta de alguns: “Já fiz muito mais que meus pais e amigos fizeram em toda sua vida. Se eu chegar no topo o que eles vão pensar? Serei alvo de críticas e julgamentos. Eles vão me usar.” Esses evitam compartilhar o seu conhecimento e o transformam em joias empoeiradas, inertes e ultrapassadas. A regra é DESISTIR. Ficar na ZONA DE CONFORTO, na qual sabemos quais são as nossas dores e os obstáculos. “Tudo bem, está doendo, mas já nos acostumamos. Para que se arriscar a dores e obstáculos novos e desconhecidos? ” Essa é a pergunta que fica martelando nos pensamentos dos 95. Eles nutrem os seus pensamentos de desculpas para justificarem a sua desistência e não assumem o erro, o fracasso.
 
E assim vão ficando no meio do caminho. Na média, na mediocridade.
 
Ah! Mas existem os 5 últimos, os vitoriosos. Esses sim têm o pensamento voltado para o objetivo. Aconteça o que acontecer eles têm a plena certeza de que chegarão ao topo. É só uma questão de tempo. Eles têm uma visão clara do caminho e da vista lá de cima. Eles sabem que o FRIO, o NÃO, as AVALANCHES, as CRÍTICAS, o AR RAREFEITO, as DÚVIDAS, INCERTEZAS, o MEDO e a INSEGURANÇA fazem parte do caminho. Isso tudo é regra para esses 5. A exceção para eles é DESISTIR. Os 5 vitoriosos sempre se perguntam: “O que devo fazer de diferente para superar essas dores e obstáculos para atingir o topo?” Eles alimentam cada vez mais a sua RESILIÊNCIA, RESISTÊNCIA e PERSISTÊNCIA. Através de estudos e treinamentos constantes e, principalmente, aprendendo com os próprios erros e com os erros dos outros. Sempre pensando em criar coisas grandes e sérias, que podem ajudar muitas pessoas a ultrapassarem os obstáculos que eles já venceram. Eles transformam o seu conhecimento em SABEDORIA através do compartilhamento do mesmo. Estão sempre em sua ZONA DE ESFORÇO.
 
Vamos reconhecer os nossos erros e parar de mentir para nós mesmos. O AUTOENGANO é alimento do EGO. Vamos reconhecer nossos erros o mais rápido possível. Assim que erramos, reconhecemos e fazemos algo de novo para ter um resultado novo, sempre em direção aos nossos sonhos. DESISTIR JAMAIS.
 
No meio do caminho haverá muitos FANTASMAS, querendo assombrar o nosso próximo passo. São aqueles que estarão voltando, porque não deram certo e desistiram e vão dizer assim: “Pode voltar, porque não dá certo.” Os ladrões de sonho também permeiam o caminho do sucesso. São aqueles que desacreditam deles mesmos e têm plena certeza de que você vai conseguir e estão sempre dizendo que VOCÊ MUDOU, está DIFERENTE. Não é mais o mesmo. Que você não dá atenção para a família e amigos. Porque o que ele quer mesmo é que você fique no mesmo lugar de conforto dele.
 
O CAMINHO DO SUCESSO É TORTUOSO, HOSTIL, CHEIO DE OBSTÁCULOS E DESAFIOS.
ISSO É REGRA.
 
Trace as suas metas e objetivos. Dê um passo adiante a cada dia em direção ao seu sonho, sem se importar se aquele dia foi bom ou ruim. Siga em frente sem olhar para trás. E ao final de um ano você terá andado 365 passos adiante.
 
E lá na frente, no topo, quando você olhar para trás, para baixo, lembre-se sempre de agradecer e refletir sobre a pessoa que você era ao iniciar essa jornada e em quem você se transformou. Agradeça a todas as pessoas que passaram pelo seu caminho, aquelas que te deixaram e as que acreditaram em você. Seja grato por cada dificuldade, choro, desafio, dor e experiência, pois são marcas de sua VITÓRIA e ninguém mais pode tirar isso de VOCÊ e sem essas marcas e pessoas você não teria conseguido. Agradeça a Deus e aos seus pais pelo dom de sua vida.
 
Acredite sempre em VOCÊ, desafie-se, supere-se e atinja o TOPO DE SUA MONTANHA!
 
Hugo Nagem
Master Coach em PNL
EDITORA PLENA