Fique por Dentro Especial: Epigenética: uma nova perspectiva sobre a doença periodontal

Publicado em 18/12/2018 00:00

Vol. 8 – Número 29 – 2018
 
Fique por Dentro Especial
 
Página 8-9
Epigenética: uma nova perspectiva sobre a doença periodontal
 
Rahyza Inácio Freire de Assis1
Dayane Carvalho Ramos Salles de Oliveira2
Mateus Garcia Rocha2
Denise Carleto Andia1,3
 
Epigenética é o estudo de alterações na regulação de todos os genes que temos em nosso corpo, sem alterar a sequência do DNA. Os eventos epigenéticos atuam através de modificações químicas no DNA e suas proteínas associadas, influenciando em diversas doenças ao longo da vida. Estudos recentes mostram a associação da epigenética com o câncer, doenças neurológicas (esquizofrenia, distúrbio bipolar, Alzheimer, autismo), doenças autoimunes e diabetes. O processo epigenético é dinâmico e se altera durante a vida, não só em resposta às doenças acima citadas, mas também a fatores ambientais, como dieta, tabagismo e idade.
 
A doença periodontal é uma doença inflamatória que resulta em destruição progressiva dos tecidos de suporte do dente, o ligamento periodontal, cemento e osso alveolar e, em casos mais severos, pode levar à perda do dente. A periodontite é uma das doenças bucais mais comuns na população adulta. Estima-se que 753 milhões de pessoas são afetadas mundialmente pela forma severa da doença periodontal. Fatores associados ao estilo de vida, como o tabagismo e padrões dietéticos, bem como a higiene oral também são associados com a prevalência da periodontite.
 
1Departamento de Prótese e Periodontia – FOP/UNICAMP.
2Departamento de Odontologia Restauradora – FOP/UNICAMP.
3Escola de Odontologia, Divisão de Epigenética, Universidade Paulista – UNIP/SP.
 
* Disponível para download

Arquivos para download

EDITORA PLENA