Tração reversa da maxila associada ...

Publicado em 23/08/2011 11:39

Vol. 4 – Número 15 – 2011

Relato de caso / Case report  669-676

Tração reversa da maxila associada à disjunção palatina - Relato de caso clínico
Maxillary protraction associated with rapid palatal expansion - Case report

Carolina Guimarães Castro1
Larissa Carvalho Trojan2
Leandro Nicolao Buzatta3
Isabela Almeida Shimizu4
Roberto Hideo Shimizu5

Resumo
O objetivo do tratamento ortopédico precoce é corrigir o desenvolvimento esquelético, dentoalveolar e alterações funcionais. Com isso, pode-se ajudar a minimizar a possibilidade de um tratamento ortodôntico mais complexo envolvendo extração de dentes permanentes ou cirurgia ortognática. No caso clínico apresentado utilizou-se o protocolo de ativação de disjunção palatal que preconiza a ativação e desativação do disjuntor por semanas subsequentes. Em exame intraoral do paciente foi observada mordida cruzada anterior, má-oclusão Classe I de Angle, ausência do elemento 12 e elemento 22 conóide. Ao final de 10 meses de tratamento, após 6 meses de correção do trespasse horizontal, observou-se um aumento de 3° no SNA e 7° no NAP que após o tratamento significaram, respectivamente, um posicionamento maxilar em relação à base do crânio dentro dos padrões de normalidade (SNA=80°+ 2) e o perfil com característica convexa (NAP=7°). Diante dos dados clínicos e cefalométricos obtidos após o tratamento com protração maxilar associada à disjunção palatina com protocolo de ativação/desativação alternado pode-se concluir que obteve-se sucesso na correção do trespasse horizontal do caso clínico apresentado.
Descritores: Tração reversa da maxila; Expansão Rápida da Maxila: Má Oclusão

Abstract
The aim of early orthopedic treatment is to correct the skeletal and dentoalveolar development and functional changes. Therewith, might be possible minimize the complexity of an orthodontic treatment, avoiding ex-traction of permanent teeth or orthognathic surgery. The case reported the protocol used for palatal disjunction which activation and deactivation calls for following weeks. During intraoral examination was observed anterior crossbite, Class I Angle malocclusion, absence of element 12 and element 22 conoid. At 10 months of treatment, 6 months after overjet correction, was observed an increase of 3° in SNA and 7° in NAP. This results means, respectively, a normal maxilla position in relation to the skull base (SNA = 80 ° + 2) and convex profile (NAP = 7°). Considering the clinical and cephalometric data obtained after treatment with maxillary protraction associated with rapid palatal expansion - protocol of activation/deactivation switched - could be conclude that the overjet of this clinical case was corrected successfully.

Descriptors: Extraoral Traction Appliances; Palatal Expansion Technique; Malocclusion


1Mestre em Odontologia (UFU) - Pós-graduanda Ortodontia do Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico (ILAPEO), Curitiba - PR.
2Pós-graduando em Ortodontia do Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico (ILAPEO), Curitiba – PR.
3Pós-graduando em Ortodontia do Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico (ILAPEO), Curitiba – PR.
4Mestre em Ortodontia (PUCPR) e professora em Ortodontia do Instituto Latino Americano de Ensino Odontológico (ILAPEO), Curitiba – PR.

Este artigo é exclusivo.Compre agora este artigo e receba em PDF via email - Valor R$ 40,00

EDITORA PLENA