Avaliação da resistência adesiva à microtração de diferentes sistemas restauradores adesivos

Publicado em 09/06/2017 00:00

Vol. 8 – Número 31 – 2017
 
CADERNO DE ODONTOLOGIA CLÍNICA
 
Artigo original/Original article
 
Página 90-97
Avaliação da resistência adesiva à microtração de diferentes sistemas restauradores adesivos
Evaluation of microtensile bond strenght of different adeshive restorative systems
 
 
 
 
Geórgia Pires dos Santos Menezes1
Germana Fernandes Costa2
Bruno Mendonça Lucena de Veras3
Mirella Aline Batista da Costa4
Paulo Fonseca Menezes Filho5
 
Resumo
O sucesso da adesão dos diferentes materiais restauradores à dentina ainda é um grande desafio na prática clínica, principalmente devido à heterogeneidade em relação ao esmalte e à velocidade com que estes materiais são lançados e retirados do mercado. Este estudo determinou que o adesivo autocondicionante foi superior aos convencionais, porém a utilização deste último não pôde ser descartada. Objetivou-se avaliar a resistência adesiva à microtração de diferentes sistemas adesivos aplicados em dentina. Quinze molares humanos tiveram a dentina coronal exposta após a remoção total da camada de esmalte e, em seguida, foram divididos em três grupos, aleatoriamente (G1: Silorane System Adhesive + P90 - 3M/ESPE; G2: Adper Single BondTM 2 + Filtek Z350XT - 3M/ESPE; G3: STAE + ICE - SDI). Com auxílio de uma matriz bipartida, restaurações com dimensões de 6x6x4 mm foram confeccionadas, conforme recomendações dos fabricantes. Foram selecionados 16 corpos de prova (palitos) por grupo, com área de interface adesiva padronizada de 0,8 mm2 (± 0,2), os quais foram submetidos ao ensaio de resistência de união à microtração (0,5 mm/min). Os testes ANOVA e Tukey (α=5%) foram utilizados para comparar os grupos. A maior média de RUμT foi atribuída ao Grupo 2 (48,60 MPa), com diferença significativa para os demais, seguido do Grupo 3 (34,64 MPa) e do Grupo 1 (33,55 MPa). Concluiu-se que o sistema adesivo convencional Adper Single BondTM 2 obteve melhor desempenho comparado aos adesivos testados.
 
Descritores: Adesivos dentinários, dentina, resinas compostas, teste de materiais.
 
Abstract
The adhesion’s successful to dentin of different restorative materials continues to be a major challenge in clinical practice, mostly due to heterogeneity in relation to enamel and the speed with which these materials are released and removed in the market. This study determined that the self-etch adhesive was superior to conventional, nevertheless the utilization of the latter can’t be discarded. The aim of this study was evaluate the bond at microtensile resistance in different adhesive systems applied to dentine. In a coronal dentine was exposed in fifteen human molars after removal of the enamel layer and, after that, the molars were divided into 3 random groups (G1: Silorane System Adhesive + P90 - 3M/ESPE; G2: Adper Single BondTM 2 + Filtek Z350XT - 3M/ESPE; G3: STAE + ICE - SDI). With the support of a split matrix, restorations with dimensions 6x6x4 mm were prepared as per manufacturer’s instructions. Sixteen specimens (toothpicks) per group were selected with a standardized bonding interface area of 0,8 mm2 (± 0,2), which were then submitted to a microtensile resistance bond strength testing (0,5 mm/min). ANOVA and Tukey tests (α=5%) were used for group comparison. The highest RUμT mean average was attributed to Group 2 (48,60 MPa), with a significant difference in relation to the others, followed by Group 3 (34,64 MPa) and Group 1 (33,55 MPa). It was concluded that the conventional adhesive system Adper Single BondTM 2 showed best performance when compared to other adhesives tested.
 
Descriptors: Adhesives, dentin, composite resins, materials testing.
 
1 CD, Periodontista – ABO/PE.
2 CD, Ortodontista – CPO/PE.
3 CD, Dentística Estética – CPO/PE.
4 Graduanda em Odontologia – UFPE.
5 Dr. em Dentística – UFPE, Prof. Associado do Departamento de Prótese e Cirurgia Buco Facial – UFPE.

Este artigo é exclusivo.Compre agora este artigo e receba em PDF via email - Valor R$ 40,00

EDITORA PLENA